Monumento aos Descobrimentos, que fica à margem direita do rio Tejo, em Belém | ©Shutterstock/Pigprox

Lisboa

5 motivos para escolher essa viagem

  • A vista a partir do Castelo de São Jorge, que proporciona um resumo de Lisboa: o Rio Tejo, as casas antigas, as colinas, as igrejas...
  • O bondinho elétrico 28, que passa por vários pontos turísticos em um trajeto de duas horas. ­
  • A Torre de Belém, local de onde partiam as embarcações rumo ao Novo Mundo.
  • A tradicional casa de fado Mesa de Frades, na Alfama. O bairro mais antigo da cidade é considerado o berço desse estilo musical português. ­
  • Bater perna pelas ruas íngremes do Chiado, curtindo o casario preservado e as lojinhas bacanas da região.
Bondinho típico de Lisboa | ©Shutterstock/S-F

Check-list antes de fazer as malas

  • Documento Passaporte com validade mínima de 3 meses após a data da passagem de volta e documentos que comprovem os motivos e a duração da viagem (reservas de hotel, bilhete de volta etc.), comprovante de meios financeiros e seguro-viagem com cobertura mínima de € 30 mil para saúde.
  • Dinheiro Euro.
  • FUSO HORÁRIO Três horas a mais em relação ao horário de Brasília. Essa diferença pode variar nos períodos de horário de verão. ­
  • Idioma Português. ­
  • Carro Carteira brasileira de habilitação (CNH) válida e passaporte são suficientes para você dirigir no país.

Só tem aqui

A casa Pastéis de Belém, que fabrica os quitutes desde 1837. A receita, criada no início do século 19 no Mosteiro dos Jerónimos, em Belém, é até hoje mantida em segredo.

Programe-se

A capital portuguesa tem clima temperado, com inverno chuvoso (dezembro, janeiro e fevereiro) e temperaturas mínimas próximas dos 8ºC. O verão (junho, julho e agosto), quente e seco, tem média de 26ºC. As melhores épocas para viajar são a primavera (março, abril e maio) e o outono (setembro, outubro e novembro), estações com dias ensolarados e temperaturas amenas. Em junho acontecem as Festas de Lisboa, celebrações que homenageiam santos populares e lotam os bairros históricos com apresentações musicais, desfiles, arraiais e até casamento coletivo.

Saiba mais

Encaixada entre o Oceano Atlântico e o rio Tejo, Lisboa é daquelas cidades de geografia caprichosa. A capital portuguesa foi erguida “sobre sete colinas, que são outros tantos pontos de observação de onde se podem desfrutar magníficos panoramas...”, como escreveu Fernando Pessoa, um dos maiores poetas da língua portuguesa. A cidade esbanja charme e, principalmente, história, com suas ladeiras, igrejas, palácios, pedras e mosaicos. Entre tantas atrações, a Catedral da Sé e a Igreja de Santo Antonio, ambas no largo da Sé, são cartões-postais imperdíveis, assim como o Museu Nacional do Azulejo, instalado em um casarão de 1509. E a Rua Augusta é o símbolo da Baixa, bairro que ela cruza até chegar ao Tejo – quem caminha pela beira do rio alcança a Torre de Belém, construção que testemunhou, no século 15, a partida das expedições de descobridores como Vasco da Gama e Pedro Álvares Cabral. Na Praça do Império, mais duas maravilhas: o belíssimo Mosteiro dos Jerónimos, de 1501, e o Museu Coleção Berardo, dentro do Centro Cultural de Belém, com obras de artistas como Picasso e Miró.

  • Vista interior do Mosteiro dos Jerónimos | ©Shutterstock/Tito Wong

    Vista interior do Mosteiro dos Jerónimos | ©Shutterstock/Tito Wong

  • Torre de Belém, marco da época das Grandes Navegações | ©Shutterstock/Mikadun

    Torre de Belém, marco da época das Grandes Navegações | ©Shutterstock/Mikadun

  • Alfama, o bairro mais antigo e típico de Lisboa, com o Panteão Nacional ao fundo | ©Shutterstock/Sean Pavone

    Alfama, o bairro mais antigo e típico de Lisboa, com o Panteão Nacional ao fundo | ©Shutterstock/Sean Pavone

  • Elevador do Carmo, na Baixa | ©Shutterstock/Zyankarlo

    Elevador do Carmo, na Baixa | ©Shutterstock/Zyankarlo

  • Mosteiro dos Jerónimos, de 1501, na Praça do Império | ©Shutterstock/Shchipkova Elena

    Mosteiro dos Jerónimos, de 1501, na Praça do Império | ©Shutterstock/Shchipkova Elena

  • Rua típica da capital portuguesa | ©Shutterstock/Neirfy

    Rua típica da capital portuguesa | ©Shutterstock/Neirfy

  • Vista para o Castelo de São Jorge | ©Shutterstock/Vlada Z

    Vista para o Castelo de São Jorge | ©Shutterstock/Vlada Z

  • Bondinho de Lisboa | ©Shutterstock/Rrrainbow

    Bondinho de Lisboa | ©Shutterstock/Rrrainbow

Confira as ofertas incríveis da To Go