Centro histórico de Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

Colômbia

5 motivos para escolher essa viagem

  • A vida cultural de Bogotá, com museus imperdíveis: o do Ouro, com um dos maiores acervos do mundo sobre o metal; o Botero, com 123 obras do colombiano Fernando Botero, além de obras de artistas internacionais; e o Santa Clara, dentro da igreja de mesmo nome, a mais bela da capital.
  • As praias do arquipélago de San Andrés, onde o Caribe é um pouco mais rústico e autêntico.
  • O casario colonial e a muralha incrivelmente preservada da cidade de Cartagena das Índias, declarada Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco.
  • O Castillo San Felipe de Barajas, fortaleza construída pelos espanhóis no século 17 para proteger a região de Cartagena de ataques piratas.
  • O passeio de barco até as Islas del Rosario, arquipélago com 27 ilhotas rodeadas por corais.
Islas del Rosario | ©Shutterstock/Venturelli Luca

Check-list antes de fazer as malas

  • Documento Passaporte ou RG (emitido nos últimos 10 anos) e certificado internacional de vacinação contra a febre amarela (obrigatório para viajar a determinadas partes do país).
  • Dinheiro Peso colombiano.
  • FUSO HORÁRIO Duas horas a menos em relação ao horário de Brasília. Essa diferença pode variar nos períodos de horário de verão.
  • Idioma Espanhol.
  • Carro A carteira brasileira de habilitação (CNH) válida é suficiente para você dirigir na Colômbia.

Só tem aqui

As palenqueras de Cartagena, vendedoras de frutas frescas, que carregam balaios na cabeça e usam vestidos supercoloridos.

Programe-se

A altitude, na Colômbia, conta mais do que a estação do ano. Em Bogotá, a terceira capital mais alta do mundo (a 2.650 metros do nível do mar), a temperatura média varia entre 9°C e 22°C, com noites frias – chove menos de dezembro a março. Na região do Caribe (Cartagena e San Andrés), o clima é quente, com médias em torno dos 24°C, e o período mais seco e com noites mais frescas vai de dezembro a abril. Outubro e novembro são os meses mais chuvosos em todo o país. Bogotá tem eventos culturais o ano todo, com destaque para o Festival Iberoamericano de Teatro (entre março e abril, em anos pares) e os festivais de rock (agosto) e jazz (setembro). Na região do Caribe, duas festas tradicionais celebram a cultura local em novembro: a da Independência, em Cartagena, e a do Padroeiro, em San Andrés.

Saiba mais

Bogotá e Cartagena, as duas estrelas do turismo colombiano, são destinos que se complementam – as duas cidades são praticamente obrigatórias em uma primeira viagem ao país. A primeira, a capital da Colômbia, tem tudo o que uma cidade grande oferece: vida cultural, ótimos restaurantes e noites agitadas. O centro histórico, conhecido como Candelária, concentra a maior parte dos passeios obrigatórios. Lá ficam a Plaza de Bolívar, coração de Bogotá, e os Museus Botero, do Ouro e Santa Clara. Cartagena, a apenas 1h30 de voo, é uma pequena joia histórica à beira-mar. Tudo acontece dentro da cidade murada, o centro histórico com varandas enfeitadas por primaveras. Passear por ali significa perder-se pelas ruazinhas de pedra, cheias de construções coloniais preservadas que abrigam lojinhas, restaurantes e cafés. Agora, se a ideia é desligar-se do mundo, San Andrés, a mais de 700 quilômetros da costa colombiana, garante muito sossego e “mar de sete cores”, com inacreditáveis tons de verde e azul. San Andrés tem mais uma vantagem: é considerado zona franca, livre de impostos, com preços bem mais baixos do que os praticados no Brasil para cosméticos, eletrônicos, roupas e bebidas. É ou não é o paraíso?

  • San Andrés | ©Shutterstock/Jess Kraft

    San Andrés | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Cartagena das Índias ao anoitecer | ©Shutterstock/Jess Kraft

    Cartagena das Índias ao anoitecer | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Bogotá, com a Cordilheira dos Andes ao fundo | ©Shutterstock/Jess Kraft

    Bogotá, com a Cordilheira dos Andes ao fundo | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Castelo de San Felipe de Barajas, em Cartagena | ©Shutterstock/Diana Marcela Vanegas

    Castelo de San Felipe de Barajas, em Cartagena | ©Shutterstock/Diana Marcela Vanegas

  • Centro de Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

    Centro de Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Bairro de Bocagrande, em Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

    Bairro de Bocagrande, em Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Prédios históricos em Cartagena | ©Shutterstock/Luiz Rocha

    Prédios históricos em Cartagena | ©Shutterstock/Luiz Rocha

  • Castelo de San Luis de Bocachica, em Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

    Castelo de San Luis de Bocachica, em Cartagena das Índias | ©Shutterstock/Jess Kraft

  • Cartagena: Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco | ©Shutterstock/JeremyRichards

    Cartagena: Patrimônio Histórico da Humanidade pela Unesco | ©Shutterstock/JeremyRichards

  • Catedral de Bogotá | ©Shutterstock/Toniflap

    Catedral de Bogotá | ©Shutterstock/Toniflap

  • Cartagena das Índias: construções coloniais preservadas | ©Shutterstock/Curioso

    Cartagena das Índias: construções coloniais preservadas | ©Shutterstock/Curioso

Confira as ofertas incríveis da To Go