Parque Nacional dos Lagos de Plitvice

Croácia

5 motivos para escolher essa viagem

  • A capital Zagreb e seus inúmeros prédios históricos, como a imperdível Catedral da Assunção da Sagrada Virgem Maria, do século 13. Entre as belas construções espalham-se bares, cafés e galerias de arte, que dão um certo ar cool à cidade – a rua Tkalciceva, um dos principais points do lugar, é o melhor exemplo dessa diversidade. Pra completar (e pra deixar a viagem mais doce), Zagreb tem mil confeitarias.
  • A beleza única de Dubrovnik, cidade medieval com ruas de mármore e cercada por uma imponente muralha de 25 metros de altura e 2 quilômetros de extensão.
  • A badalada ilha de Hvar, que reúne praias paradisíacas, campos de lavanda e baladas que atravessam a noite.
  • O Parque Nacional dos Lagos de Plitvice, entre Zagreb e Split. Cachoeiras aparecem entre os cânions e formam espetaculares lagos de água transparente – a paisagem inusitada rendeu ao parque o título de Patrimônio da Humanidade.
  • Pula, cidade milenar ao norte do país, na divisa com a Eslovênia e a Itália. A beleza do mar Adriático encanta, mas seu principal cartão-postal é o impressionante Anfiteatro Romano, que até hoje recebe apresentações.
Split | ©iStock/istankov

Check-list antes de fazer as malas

  • Documento Passaporte com validade mínima de 90 dias a partir da data de saída do país. Não é exigido visto para viagens de até 90 dias.
  • Dinheiro Kuna
  • FUSO HORÁRIO Quatro horas a mais em relação ao horário de Brasília. Essa diferença pode variar nos períodos de horário de verão.
  • Idioma Croata
  • Carro Para dirigir no país é recomendável apresentar a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que deve ser solicitada no departamento de trânsito da sua cidade.

Só tem aqui

As ruínas do monumental palácio do imperador romano Diocleciano, construído entre os anos 295 e 305! A superatração, protegida por muros de até 2 metros de espessura, é uma das principais da Croácia. Fica em Split, segunda maior cidade do país e ponto de partida para explorar as ilhas do Adriático.

Programe-se

O clima muda entre a costa do mar Adriático e o norte do país, que inclui a capital Zagreb. Ali, as médias ficam perto dos 2°C negativos em janeiro, mês mais frio, e dos 15°C em julho, ápice do verão. Na costa, médias próximas dos 5°C em janeiro e dos 24°C em julho (época em que os termômetros passam facilmente dos 30°C). Em geral, o clima é mais quente e os dias são mais longos entre abril e setembro, período considerado como alta temporada no país. Entre junho e setembro, os destinos de praia costumam sediar festivais de música – como o badalado Outlook, em Pula. No final de junho acontece a floração da lavanda em Hvar.

Saiba mais

Aos poucos, devagarinho, a Croácia vai entrando na lista dos destinos desejados pelos brasileiros que viajam à Europa. Aos poucos o país vai conquistando uma legião de fãs, ao menos por aqui. Lá fora, já faz tempo que o lugar é badalado – e superconcorrido, sobretudo nos meses mais quentes (entre abril e setembro), quando as cidades recebem eventos culturais e as ilhas do Adriático lotam. As praias são paradisíacas, é verdade. Mas um roteiro perfeito pelo país deve começar pela capital Zagreb, que tão bem mistura arte, história e boemia. Depois de explorar a cidade, os próximos destinos podem ser o Parque Nacional de Plitvice, com seus paredões de pedra que escondem lagos de água cristalina, e Split, com o imperdível Palácio de Diocleciano. Da cidade saem ferryboats para o enorme conjunto de ilhas espalhadas pelo Adriático, que enchem de gente no verão. Pra terminar a viagem com mais história, basta seguir ao sul e visitar a linda Dubrovnik. Em qualquer uma das cidades, vale experimentar as especialidades locais. O kebab, um espeto de carne, e o burek, espécie de tortinha folheada com vários recheios, são dicas para lanches rápidos. Nos restaurantes, aposte nos peixes e frutos do mar se estiver perto da costa, onde a influência é mediterrânea. Ao norte, onde está Zagreb, os pratos são mais encorpados, como os ensopados de carne e o chucrute com embutidos. Para acompanhar, peça um autêntico vinho croata – o país tem mais de 300 regiões produtoras da bebida.

  • Anfiteatro Romano de Pula

    Anfiteatro Romano de Pula | ©iStock/Mlenny Photography

  • Fortaleza de Lovrijenac, em Dubrovnik

    Fortaleza de Lovrijenac, em Dubrovnik | ©iStock/katritch

  • Mar adriático em Split

    Mar adriático em Split | ©iStock/anshar73

  • Cidade de Split à noite

    Split à noite | ©Shutterstock/carol.anne

  • Vista aérea das cachoeiras e passarelas do Parque Nacional de Plitvice

    Passarela no Parque Nacional dos Lagos de Plitvice | ©Shutterstock/melis

  • Teatro Nacional em Zagreb

    Teatro Nacional em Zagreb | ©Shutterstock/Phant

  • Rua de Dubrovnik

    Dubrovnik | ©Shutterstock/Wojtek Chmielewski

  • Praia da ilha de Hvar

    Praia da ilha de Hvar | ©iStock/Dominik Pabis

  • Vista da Catedral da Assunção da Sagrada Virgem Maria, em Zagreb

    Catedral da Assunção da Sagrada Virgem Maria, em Zagreb | ©Shutterstock/xbrchx

  • Vista de Split, com o Palácio de Diocleciano

    Vista de Split, com o Palácio de Diocleciano | ©iStock/Aleksandar Vrzalski

  • Lago do Parque Nacional de Plitvice

    Lago do Parque Nacional de Plitvice | ©iStock/Spanic

  • Vista do porto de Split

    Vista do porto de Split | ©iStock/Arpad Benedek

Confira as ofertas incríveis da To Go