Torre Eiffel, o principal cartão-postal da França | ©Shutterstock/WDG Photo

Europa

5 motivos para escolher essa viagem

  • As capitais vibrantes, como Londres, Madri, Lisboa, Roma e Paris.
  • As áreas rurais cheias de charme, como a Provença (França), a Toscana (Itália) e o Alentejo (Portugal).
  • Os vilarejos medievais, como Carcassonne e Saint-Paul-de-Vence (França), Monsaraz e Óbidos (Portugal) e San Gimignano (Itália).
  • A história milenar, representada em catedrais, castelos, palácios e museus por todo o continente.
  • A boa comida das tascas espanholas, das trattorias italianas, dos bistrôs parisienses e dos restaurantes que representam a vanguarda gastronômica do País Basco, na Espanha.
Carcassonne, na França | ©Shutterstock/b-hide the scene

Check-list antes de fazer as malas

  • Documento Passaporte com validade mínima de 3 meses após a data da passagem de volta e documentos que comprovem os motivos e a duração da viagem (reservas de hotel, bilhete de volta etc.), comprovante de meios financeiros e seguro-viagem com cobertura mínima de € 30 mil para saúde nos países que fazem parte do Acordo de Schengen. Não é exigido visto para viagens de até 90 dias.
  • Dinheiro Euro é a moeda de 19 países da Europa. No Reino Unido (Inglaterra, País de Gales, Escócia e Irlanda do Norte), usa-se a libra esterlina.
  • FUSO HORÁRIO A maior parte do território (da Espanha à Polônia) segue o Horário da Europa Central, com 4 horas a mais em relação ao horário de Brasília; o Reino Unido, a Irlanda e Portugal, dentro do Horário da Europa Ocidental, estão 3 horas à frente.
  • Idioma São muitas as línguas faladas na Europa. O alemão é falado na Alemanha, Áustria, Bélgica e Luxemburgo, além da Suíça. Além dos países que têm o inglês como língua oficial (Reino Unido e Malta), a língua é popularmente falada e entendida na maior parte dos lugares.
  • Carro Espanha, Portugal e Inglaterra pedem apenas Carteira Nacional de Habilitação (CNH) válida e passaporte; na França, a CNH precisa estar acompanhada de sua tradução juramentada; e a Itália pede a CNH com sua tradução juramentada ou a Permissão Internacional para Dirigir (PID), que deve ser solicitada no departamento de trânsito da sua cidade. Como a legislação muda de país para país, vale ficar atento às regras vigentes no destino desejado.

Só tem aqui

Os circuitos europeus, roteiros com trechos de avião, ônibus, trem e até de navio que reúnem vários destinos de sonho em uma só viagem.

Programe-se

A Europa tem clima temperado, mais frio e úmido no norte (como na Escandinávia) e mais quente e seco na região do Mediterrâneo. Países localizados na costa do oceano Atlântico (Portugal, Islândia, Reino Unido, Espanha, França) sofrem a influência da Corrente do Golfo, que ajuda a amenizar as temperaturas. O verão (junho, julho e agosto) tem dias longos e festivais ao ar livre que movimentam as cidades – mas tenha em mente que muitos europeus saem de férias nessa época, sendo comum encontrar estabelecimentos fechados e cidades lotadas de turistas. O inverno (dezembro, janeiro e fevereiro) é época para esquiar (a França e a Suíça concentram as estações mais famosas), visitar os mercados de Natal típicos da Alemanha ou celebrar o Carnaval entre os canais de Veneza. A primavera (março, abril e maio) e o outono (setembro, outubro e novembro) são os melhores períodos, com temperaturas mais equilibradas e atrações menos lotadas que no verão.

Saiba mais

Para quem está acostumado com as distâncias superlativas do Brasil, uma das maravilhas da Europa é a altíssima concentração de destinos e atrações espetaculares. Os circuitos europeus, que reúnem vários países em um só roteiro, são a aposta certa para experimentar um resumo do que há de melhor no Velho Mundo. Com eles, você tem a oportunidade de conhecer diversos cartões-postais nas mesmas férias. Que tal dar um pulinho em Bruxelas rumo a Amsterdã? Ou quem sabe conhecer Verona, no caminho entre Milão e Veneza? As supercidades, as vilinhas que pararam no tempo, os castelos, os palácios, os museus, os parques, as compras, as comidas típicas e as tradições de cada povo estão logo ali, a uma curta jornada de avião, de trem, de ônibus ou até de navio. Boa viagem!

  • Santorini, na Grécia | ©Shutterstock/Neirfy

    Santorini, na Grécia | ©Shutterstock/Neirfy

  • Vista de Londres, com o Big Ben e o Palácio de Westminster e, ao fundo, a London Eye | ©VisitBritain/Andrew Pickett

    Vista de Londres, com o Big Ben e o Palácio de Westminster e, ao fundo, a London Eye | ©VisitBritain/Andrew Pickett

  • Lucerna, na região central da Suíça | ©Shutterstock/Mariia Golovianko

    Lucerna, na região central da Suíça | ©Shutterstock/Mariia Golovianko

  • Barcelona, a partir do Parque Güell | ©Shutterstock/S-F

    Barcelona, a partir do Parque Güell | ©Shutterstock/S-F

  • Bondinho de Lisboa| ©Shutterstock/Rrrainbow

    Bondinho de Lisboa| ©Shutterstock/Rrrainbow

  • Piazza Navone, em Roma | ©Shutterstock/Iakov Kalinin

    Piazza Navone, em Roma | ©Shutterstock/Iakov Kalinin

  • Cesky Krumlov, na República Tcheca | ©Shutterstock/Veronika Galkina

    Cesky Krumlov, na República Tcheca | ©Shutterstock/Veronika Galkina

  • Ilha dos Museus, em Berlim | ©Shutterstock/Boris Stroujko

    Ilha dos Museus, em Berlim | ©Shutterstock/Boris Stroujko

  • Amsterdã, na Holanda | ©Shutterstock/JeniFoto

    Amsterdã, na Holanda | ©Shutterstock/JeniFoto

  • Plaza Mayor de Salamanca, na Espanha | ©Shutterstock/Botond Horvath

    Plaza Mayor de Salamanca, na Espanha | ©Shutterstock/Botond Horvath

Confira as ofertas incríveis da To Go