Vulcão Cotopaxi | ©iStock/Patricio Hidalgo P

Quito

5 motivos para escolher essa viagem

  • O centro histórico, Patrimônio da Humanidade, com atrações como a Basílica del Voto Nacional, a Plaza de la Independencia, a igreja La Compañía de Jesús, a Plaza San Francisco e a calle Ronda, ruazinha com pequenos restaurantes e casas decoradas com flores nas janelas.
  • Os mirantes. No Parque Itchimbia, a 2.910 metros de altitude, a vista é de 360°C; do Cerro Panecillo, a cerca de 3.000 metros, observam-se os topos dos vulcões; e a Colina de Cruz Loma, a 4.200 metros, tem acesso por teleférico – dali, uma trilha leva à boca do vulcão Rucu Pichincha.
  • Os museus que preservam a história de Oswaldo Guayasamín, um dos pintores mais importantes da história do Equador e da América Latina: a Capilla del Hombre, com pinturas e esculturas que contam a trajetória do artista, e a Casa-Museu, onde ele viveu.
  • A surpresas da cozinha equatoriana, especialmente nas barracas de rua e no Mercado Central. Frutos do mar, sopa de batata com abacate e bolinho de banana verde com queijo são alguns dos quitutes que desafiam os paladares. O sanduíche de pernil é um clássico. E ainda tem o chocolate, um dos melhores do mundo!
  • A possibilidade de conhecer outros superdestinos do Equador. Cuenca, a uma hora de avião, tem arquitetura colonial; Guayaquil, também a cerca de uma hora, tem belo centro histórico e é ponto de partida para o arquipélago de Galápagos (mais três horas de viagem), perfeito para ecoturistas e mergulhadores.
Mercado Central | ©iStock/Villamilk

Check-list antes de fazer as malas

  • Documento Passaporte válido e certificado internacional de vacinação contra febre amarela.
  • Dinheiro Dólar americano.
  • FUSO HORÁRIO Duas horas a menos em relação ao horário de Brasília. Essa diferença pode variar nos períodos de horário de verão.
  • Idioma Espanhol
  • Carro Carteira brasileira de habilitação (CNH) ou Permissão Internacional para Dirigir (PID).

Só tem aqui

La Mitad del Mundo, monumento que marca a divisão do planeta em dois hemisférios – todo mundo tira a foto clássica, com um pé de cada lado da famosa Linha do Equador. Um planetário, um pequeno museu de ciências e uma impressionante maquete de Quito ajudam a tornar a atração, a 13 quilômetros de capital, ainda mais interessante.

Programe-se

Quito tem clima frio durante todo o ano, com temperaturas médias próximas de 14°C. Em agosto e setembro, os meses mais quentes, as médias chegam perto de 20°C. Há duas estações bem definidas: a chuvosa, entre outubro e maio, e a seca, entre junho e setembro – a melhor época para visitar a capital. É nesse período que a cidade realiza o Verão das Artes, com exposições, apresentações de dança e teatro e festivais como o Quitofest, de música independente. Nas manhãs de segunda-feira, a troca da guarda é uma atração da Plaza de la Independencia (ou Plaza Grande), em frente ao Palácio Presidencial.

Saiba mais

Espremida entre uma dúzia de vulcões da Cordilheira dos Andes (alguns em atividade), a quase 3 mil metros de altitude e com 2,2 milhões de habitantes, Quito tem belos mirantes, arredores tingidos de verde pela floresta tropical e um centro histórico preservado, entre os mais bonitos da América Latina. Étnica, quente e colorida, a capital do Equador ganhou fôlego nos últimos anos: palacetes coloniais foram convertidos em bons hotéis e o governo promoveu políticas de incentivo que deixaram as ruas estreitas do centro mais seguras e animadas. Também é animadíssima a vida em Mariscal, bairro gastronômico e boêmio, com bares, restaurantes e cafés – ótimo lugar para você se hospedar. Para fazer compras, visite a Folclore Olga Fisch, com arte indígena e equatoriana (há tapeçaria, joias, peças de cerâmica...), e as bancas do parque El Ejido e do Mercado Artesanal La Mariscal, ambos com enorme oferta de artesanato. Conhecer a Avenida de los Volcanes, nos arredores da cidade, também é um ótimo programa, ainda mais se você embarcar no trem turístico que explora a linda rota de vulcões, com natureza exuberante.

  • Centro histórico | ©iStock/julof90

    Centro histórico | ©iStock/julof90

  • Iguanas marinhas em Galápagos | ©iStock/Tersina Shieh

    Iguanas marinhas em Galápagos | ©iStock/Tersina Shieh

  • Artesanato indígena em mercado de Otavalo | ©iStock/piccaya

    Artesanato indígena em mercado de Otavalo | ©iStock/piccaya

  • Varandas coloniais | ©iStock/DC_Colombia

    Varandas coloniais | ©iStock/DC_Colombia

Confira as ofertas incríveis da To Go